Utilizamos cookies!

Olá! Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência dos nossos usuários e usuárias ao navegar por nossos sites. Ao continuar utilizando nossos serviços online, entenderemos que você estará contente em nos ajudar a construir uma sociedade mais inclusiva e aceitará nossos cookies.

Para conferir como cuidamos de seus dados e sua privacidade, acesse nossa Política de Privacidade.

O que fazer quando encontrar uma pessoa cega?

No convívio com pessoas com deficiência visual, deve-se agir com naturalidade, pois elas apresentam as mesmas características de qualquer pessoa. Em outras palavras, elas PODEM CONVIVER SOCIALMENTE, estudando, trabalhando, tornando-se autossuficientes.

Abaixo, algumas dicas sobre como agir com pessoas cegas:

  • Ao andar com uma pessoa cega, deixe que ela segure seu braço. Não a empurre: pelo movimento de seu corpo, ela saberá o que fazer;
  • Ao estar com ela durante a refeição, pergunte-lhe se quer auxílio para cortar a carne, o frango ou para adoçar o café, e explique-lhe a posição dos alimentos no prato;
  • Ao auxiliar a pessoa cega a atravessar a rua, pergunte-lhe antes se ela necessita de ajuda e, em caso positivo, atravesse-a em LINHA RETA, ou ela poderá perder a orientação;
  • Se ela estiver sozinha, IDENTIFIQUE-SE SEMPRE ao se aproximar dela. Nunca empregue brincadeiras, como: “Adivinha quem é?”;
  • Ao ajudá-la a sentar-se, coloque a mão da pessoa cega sobre o braço ou encosto da cadeira e ela será capaz de sentar-se facilmente;
  • Ao observar aspectos inadequados quanto à sua aparência, não tenha receio em avisá-la discretamente a respeito de sua roupa (meias trocadas, roupas pelo avesso, zíper aberto etc.);
  • Ao orientá-la, dê direções do modo mais claro possível. Diga DIREITA ou ESQUERDA, de acordo com o caminho que ela necessite. NUNCA use termos como “ali” ou “lá”;
  • Se conviver com uma pessoa cega, NUNCA deixe uma porta entreaberta. As portas devem estar totalmente abertas ou fechadas. Conserve os corredores livres de obstáculos. Avise-a se a mobília for mudada de lugar;
  • Se você for a um lugar desconhecido para a pessoa cega, diga-lhe, muito discretamente, onde as coisas estão distribuídas no ambiente e quais são as pessoas presentes. Se estiver em uma festa, veja se ela encontra pessoas com quem conversar, de modo que se divirta tanto quanto você;
  • Ao apresentá-la a alguém, faça com que ela fique de frente para a pessoa apresentada, evitando que a pessoa cega estenda a mão, por exemplo, para o lado contrário em que se encontra essa pessoa;
  • Ao conversar com uma pessoa cega, fale sempre diretamente com ela, e NUNCA por intermédio de seu companheiro. A pessoa cega pode ouvir tão bem ou MELHOR QUE VOCÊ;
  • NÃO EVITE as palavras “ver” e “cego”: use-as sem receio;
  • Ao afastar-se da pessoa cega, AVISE-A PARA QUE ELA NÃO FIQUE FALANDO SOZINHA.