Utilizamos cookies!

Olá! Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência dos nossos usuários e usuárias ao navegar por nossos sites. Ao continuar utilizando nossos serviços online, entenderemos que você estará contente em nos ajudar a construir uma sociedade mais inclusiva e aceitará nossos cookies.

Para conferir como cuidamos de seus dados e sua privacidade, acesse nossa Política de Privacidade.

29 de julho de 2020

Como apoiar os projetos da Fundação Dorina

Pessoas físicas e jurídicas podem contribuir, seja por renúncia fiscal ou de forma direta

Descrição da imagem: foto de menina sorridente de óculos escuros. Ela segura um pedaço de giz sobre um quadro negro onde está desenhado um coração na cor rosa.

O propósito da Fundação Dorina Nowill para Cegos é promover a autonomia e às pessoas com deficiência visual. Cumprimos esse papel oferecendo atendimentos especializados, programas de habilitação e reabilitação, educação inclusiva, cursos livres de capacitação profissional, apoio à empregabilidade e com a produção e distribuição de livros acessíveis.

Para oferecer todos esses serviços de forma gratuita a milhares de pessoas, desde crianças a idosos, contamos com o subsídio de projetos complementares, que necessitam de patrocínio para sua execução.

“O patrocínio de empresas aos nossos projetos representa 27% das fontes de arrecadação da instituição, o que significa um valioso recurso para mantermos o legado de excelência deixado pela nossa fundadora e presidente vitalícia, Dorina Nowill”, afirma Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina.

Renúncia fiscal

Uma das maneiras de apoiar a Fundação Dorina é por meio do abatimento de impostos, que são mecanismos que permitem a dedução de parte do Imposto de Renda ou Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) devidos, para direcionar a projetos previamente aprovados pelo governo, sem nenhum custo adicional nem risco ao doador.

Pessoas físicas e jurídicas podem apoiar durante todo o ano. Confira os nossos projetos aprovados nessa modalidade, de acordo com os temas:

1) Cultura

O Programa Nacional de Apoio à Cultura (PRONAC) prevê a destinação de 4% do IR para empresas e 6% para pessoas físicas. O projeto a ser realizado com a sua doação é o “Dorinha pelo Brasil – Inclusão sem barreiras”. A personagem Dorinha, criada por Maurício de Sousa em homenagem à nossa fundadora, viajará pelo Brasil ao lado de seu cão-guia Radar, distribuindo gratuitamente 30 mil exemplares de livros acessíveis a 3.600 organizações brasileiras.

O Programa de Ação Cultural (PROAC) é outro mecanismo de fomento paulista, na qual empresas sediadas em São Paulo, contribuintes do ICMS, podem doar e abater no imposto devido. O projeto contemplado com essa doação é “Conta um conto: contação de histórias para todos”, com o objetivo de promover a cultura popular por meio de um conjunto de 12 histórias contadas, que serão gravadas em CD e distribuídas para 2.000 crianças.

2) Criança e adolescente

Os Fundos da Criança e do Adolescente são controlados pelos Conselhos Municipal (FUMCAD/CMDCA) e Estadual (CONDECA) dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo. Nesse caso, empresas podem destinar 1% de seu IR devido e pessoas físicas 6%.

As doações ao CONDECA poderão ser direcionadas aos projetos “Saber e Incluir” e “Literatura e Inclusão”. Já as doações ao FUMCAD, contemplarão os projetos “Livros Sensoriais”, “Brincar e Incluir” e “Programa de Reabilitação e Habilitação”, que estão disponíveis em http://fumcad.prefeitura.sp.gov.br.

Parceiros de Visão

Além da renúncia fiscal, existe outra forma de apoiar a Fundação Dorina, que é por meio da Responsabilidade Social. Desenvolvemos projetos especiais em conjunto com empresas, que se tornam as nossas Parceiras de Visão e contribuem diretamente para a realização do nosso propósito.

Se interessou por uma dessas formas de apoio? Então entre em contato com a nossa área de Parcerias pelo e-mail parceria@fundacaodorina.org.br e nos ajude a transformar vidas e construir uma sociedade inclusiva.