Utilizamos cookies!

Olá! Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência dos nossos usuários e usuárias ao navegar por nossos sites. Ao continuar utilizando nossos serviços online, entenderemos que você estará contente em nos ajudar a construir uma sociedade mais inclusiva e aceitará nossos cookies.

Para conferir como cuidamos de seus dados e sua privacidade, acesse nossa Política de Privacidade.

20 de julho de 2017

Dicas de espetáculos acessíveis em São Paulo

Quem está em São Paulo vai poder aproveitar dois espetáculos de dança acessíveis! Confira e se programe.

Descrição da imagem: foto de uma mulher dançando. Ela é retratada do peito pra cima, sorrindo, com os braços levantados e as palmas das mãos voltadas pra cima. A mulher é negra, usa um colar de concha, brincos, pulseiras, um lenço amarelo no cabelo e uma bata amarela. Ao fundo há diversas outras pessoas fazendo o mesmo movimento. Fim da descrição.

Nesse final de semana a previsão é de temperaturas um pouco mais altas, então aproveite para curtir a vida cultural d a cidade!
Uma das atrações é inspirada na arte da Guiné. O espetáculo LANGNIFAN possui audiodescrição e interpretação em Libras.

LANGNIFAN ÁFRICA – A UNIÃO DÁ A FORÇA

Datas: 22 e 23 de julho (sábado e domingo).
Horário: 16h.
Duração: 60 minutos.
Local: Itaú Cultural, Sala Itaú Cultural (piso térreo).
Endereço: Av. Paulista, 149 – Bela Vista, São Paulo, SP (próximo ao Metrô Brigadeiro).
Preço: gratuito – distribuição de ingressos a partir das 14h.
Para confirmar sua presença ou tirar duvidas, mande e-mail para marina@vercompalavras.com.br.

Descrição da imagem: foto do dançarino Eduardo Fukushima. Ele está retratado dos joelhos pra cima, com os braços levantados e olhos fechados. Fukushima usa camiseta roxa e calça preta. Ao fundo há a sombra do dançarino projetada numa parede branca. Fim da descrição.
A performance “COMO SUPERAR O GRANDE CANSAÇO?” também terá audiodescrição. A dança contemporânea é elaborada pelo coreógrafo, dançarino e professor Eduardo Fukushima.
Data: 22 de julho (sábado).
Horário: 21h.
Local: Instituto Tomie Ohtake – no hall.
Endereço: Av. Faria Lima, 201 Pinheiros, SP (próximo ao metrô Faria Lima).
Classificação: livre.
Preço: Gratuito.
Para confirmar sua presença ou tirar duvidas, mande e-mail para marina@vercompalavras.com.br.

A Fundação Dorina não se responsabiliza pelos eventos e encontros aqui apresentados. Questões sobre eles devem ser tratadas diretamente com os organizadores. A Fundação Dorina só pretende facilitar o acesso ao roteiro cultural acessível do país.