Utilizamos cookies!

Olá! Nós utilizamos cookies para melhorar a experiência dos nossos usuários e usuárias ao navegar por nossos sites. Ao continuar utilizando nossos serviços online, entenderemos que você estará contente em nos ajudar a construir uma sociedade mais inclusiva e aceitará nossos cookies.

Para conferir como cuidamos de seus dados e sua privacidade, acesse nossa Política de Privacidade.

24 de abril de 2019

Fundação Dorina e LEGO Foundation lançam LEGO Braille Bricks para crianças cegas

Famosos em todo o mundo, bloquinhos de montar ganham versão em braille para ajudar na alfabetização de crianças com deficiência visual

Um brinquedo que educa, diverte e inclui. Essa é a proposta do LEGO Braille Bricks, uma versão inclusiva dos famosos blocos de montar para crianças com deficiência visual! A novidade, desenvolvida pela Fundação Dorina em parceria com a LEGO Foundation e Grupo LEGO, foi apresentada mundialmente em Paris nesta quarta-feira (24) durante a ‘Conferência de Marcas Sustentáveis’ e também na sede da Fundação Dorina, em São Paulo.

Na nova versão, os pinos das pecinhas representam o alfabeto braille, tornando-se uma poderosa ferramenta para a alfabetização e lazer de crianças cegas. Além disso, cada bloco também traz a respectiva letra impressa, justamente para que todas as crianças – com ou sem deficiência – possam aprender e se divertir juntas!

Descrição da imagem: foto de três crianças em volta de uma mesa manuseando peças do LEGO Braille Bricks. Ao fundo há duas mulheres e um menino.
Crianças atendidas pela Fundação Dorina e seus familiares puderam brincar com o LEGO Braille Bricks no lançamento do brinquedo em São Paulo

“O braille ainda é a única maneira de alfabetizar uma criança com deficiência visual e o LEGO® Braille Bricks é uma ferramenta inovadora, que colabora efetivamente para o aprendizado inclusivo, envolvendo não só as crianças cegas e com baixa visão, mas também os colegas videntes”, afirma Ika Fleury, presidente do Comitê Braille Bricks da Fundação Dorina.

Descrição da imagem: foto do auditório da Fundação Dorina com dezenas de pessoas sentadas. À frente delas, Ika Fleury gesticula com as duas mãos abertas. Ao fundo, um telão.
Ika Fleury apresenta projeto para profissionais da Educação, imprensa e convidados na Fundação Dorina

Para ela, o lançamento tem ainda um significado muito especial porque, em 2019, Dorina Nowill completaria 100 anos de vida. “Seu centenário será marcado por esse grande presente que a Fundação Dorina entrega para todas as crianças com deficiência visual do mundo: a oportunidade de aprender no sistema braille, ao mesmo tempo que se relacionam e se divertem com os demais colegas”, diz.

Distribuição

O produto está sendo testado em dinamarquês, norueguês, inglês e português, enquanto o alemão, espanhol e francês serão avaliados no terceiro trimestre de 2019.

Descrição da imagem: foto de um garoto manuseando peças do LEGO Braille Bricks. Ele está de perfil, usa óculos e tem o rosto bem próximo às peças, com o queixo sobre a mesa.
Kits representam todo o alfabeto, além de números e sinais matemáticos em braille

A versão final do kit deverá ser lançada em 2020 e distribuída gratuitamente para instituições selecionadas por meio de parceiros participantes nos mercados onde os testes estão sendo realizados.

Serão aproximadamente 250 peças cobrindo o alfabeto completo, números de 0 a 9, símbolos matemáticos selecionados e inspiração para o ensino e jogos interativos.