Ir para o conteúdo Ir para o menu principal

Jhonata

Aluno nota 10

Ajude-nos a contar mais histórias como estas. Faça uma doação

Jhonata tem 13 anos e uma história de vida muito especial! Ele nasceu com a saúde bastante frágil e pouco depois de completar 1 ano de vida, a família percebeu que ele também tinha dificuldade para enxergar.

Depois de alguns exames, descobriram que o garoto tinha apenas 7% de visão por causa de uma atrofia no nervo ótico.

Apesar das dificuldades, Jhonata se desenvolveu muito bem e sempre foi uma criança alegre e cheia de vontade de aprender! Quando completou 6 anos, a mãe Ana Lúcia o trouxe à Fundação Dorina para iniciar uma nova etapa em sua vida.

Descrição da imagem: foto de Jhonata e sua mãe Ana Lúcia. Jhonata está sorrindo com a cabeça encostada no ombro da mãe, uma senhora de pele clara e cabelos grisalhos. Ela olha pra frente e sorri. Eles estão retratados do peito pra cima, na frente de uma parede amarela com um letreiro "Fundação Dorina Nowill para Cegos"
Jhonata chegou à Fundação Dorina aos 6 anos  para aprender a ler. Hoje, aos 13, tem o mesmo desempenho de seus colegas que enxergam.

“Algumas pessoas diziam que meu filho jamais conseguiria ler e escrever, mas ele sempre foi muito esperto. Então eu decidi trazê-lo à Fundação Dorina e aqui tive a certeza de que ele poderia se desenvolver como as outras crianças!”, conta Ana Lúcia.

Na Fundação Dorina, Jhonata passou a ter acompanhamento clínico e pedagógico e agora tem o mesmo desempenho e aprendizado daqueles que enxergam.

“Antes eu tinha que pedir para os meus amigos copiarem as lições e, quando chegava em casa, minha mãe tinha que ler pra mim. Era difícil aprender assim. Hoje eu faço tudo sozinho: leio com a ajuda da lupa eletrônica, uso computador, toco bateria. Adoro fazer lição de casa sozinho!”, diz ele.

Descrição da imagem: foto de Jhonata lendo um livro com o auxílio da lupa eletrônica. Ele está de perfil, em um ângulo fechado em seu rosto, segurando o aparelho com as duas mãos sobre o livro. Fim da descrição.
A lupa eletrônica é um dos recursos que ajudam na alfabetização de pessoas com baixa visão

Agora Jhonata precisa começar um novo ciclo da sua reabilitação: as aulas de orientação e mobilidade com o auxílio da bengala, para ter ainda mais autonomia!

Se depender do apoio dos pais, dos 3 irmãos mais velhos e 10 sobrinhos, ele também vai tirar essa parte de letra!

Faça parte!

Quando você doa para a Fundação Dorina, muitas outras crianças com deficiência visual como o Jhonata têm acesso à educação inclusiva e reabilitação gratuita!

Você também pode fazer parte dessa história! Deixe seu telefone AQUI  e ligamos para você, ou faça uma doação online  e financie nosso trabalho!

 

Para conhecer mais histórias de vida acesse nosso acervo